fbpx
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Estamos vivendo um momento em que parece impossível sentir paz, olhando em volta e tentando, em vão, entender o que está acontecendo no mundo. Mas e se você olhar pra outro lugar? Um lugar aonde a paz está à sua frente, em aspectos da sua vida que são do seu controle ou principalmente em coisas que ainda te fazem bem. Essa música eu também fiz em Florianópolis. Floripa foi muito intenso pra mim. Lembro de um vizinho que tinha sido torturado na ditadura falar sobre dor. Lembro de uma feiticeira fazendo mágica pela floresta. Gente que estava perdida, gente que estava em plenitude. Altos e baixos. Eu vivi intensamente os contrastes dessa ilha da magia, mas o que eu mais lembro mesmo era da sensação paz, dos sons, da lagoa, de como algumas pessoas estavam vivendo e respirando essa tal de paz. E assim eu “fui na beira da paz olhar. Ela me chamou pra entrar, entrei”. A música fala dessa viagem. “Quem não conhece a paz, vem ver”!

We are living in a time where it seems impossible to feel peace, looking around and trying, in vain, to understand what is happening in the world. But what if you look elsewhere? What if you look in a place where peace is in front of you, in aspects of your life that are within your control or mainly in things that still do you good. I also wrote this song in Florianópolis. Floripa was very intense for me. I remember a neighbour who had been tortured during the Brazilian dictatorship period talking about pain. I remember seeing a witch working magic through the forest. People who were lost, people who were in fullness. Highs and lows. I lived intensely the contrasts of this fantasy island, but what I remember most was the feeling of peace, the sounds, the lagoon, how some people were living and breathing this peace. And so I “went on the verge of peace to check it out. It invited me to come in, I came in ”. The music speaks of this trip. “Who doesn’t know peace, come and see”!.

Lyrics

Fui na beira da paz olhar
Ela convidou preu entrar. Entrei
No corpo a luz irradiava.
Eu sei que quando a paz só magia vem

Seja qual for sua crença
Seja qual for o lugar
Deixe a onda lavar

Alegria é mais viver
Quem não conhece a paz, vá ver
Alegria é mais, vem olhar
Quem não conhece a paz, não conhece a paz

Se você tenta enxergar
É tanta claridade que não te deixa olhar
Então venha sentir, tente “crer pra ver”
Porque quando você tem paz, você quer mais o que?

Alegria é mais viver
Quem não conhece a paz, vá ver
Alegria é mais, vem olhar
Quem não conhece a paz, não conhece a paz

Info

Written and produced by ROD

ROD: Guitar, vocals, percussion

DANI: Backing vocals